segunda-feira, 2 de maio de 2016

BRASIL, TERRA DE ENCANTOS MIL

MARGARIDA BRASIL 
...Esse País continental e maravilhoso existe para ser o ninho de todos os que perseguem a Alegria...a Felicidade.!

...Banhado pelo Atlântico.!.. Desde que se sabe...foi habitado pelo povo de fala Tupi...denominado depois de Povo Indígena.

...Estima-se em hum milhão de habitantes, só na orla do Atlântico, do Sul ao Amazonas, subindo pelos rios Paraguai, Guaporé, Tapajós, até suas nascentes. Com outros tantos guaranis.. que habitavam o interior ... Seria uma população maior que a da Europa daquela época, se contarmos com toda a América Latina.
...Miríades de povos tribais, falando dialetos do mesmo tronco Tupi. Formando aldeias que ao crescer se bipartiam, formando novas aldeias que se diferenciavam e logo se desconheciam e se hostilizavam.! Treinamento que os tornavam exímios guerreiros.

...Mas não evoluirão a ponto de se unirem, se respeitarem e se organizaram para formar lideranças que lhes trouxessem uniformidade cultural que lhes permitissem mostrar resistência aos seus futuros dizimadores.
...Agricultores, pescadores e caçadores, Eram cultivadores da mandioca, milho, batata doce, cará, feijão, amendoim, tabaco, abóbora, urucu, pimentas, abacaxi, mamão , erva doce, além de outras frutas coletadas e cuidadas na própria mata, Tais como caju, piqui ...e muitas outras que lhe serviam de alimento..Plantando ainda cabaças, cuias, e fabricavam seus próprios utensílios de barro, ou de palhas e cipós.

...Faziam grandes roças na mata, utilizando queimadas e rudes instrumentos de pedra. Mas dependiam do acaso para a caça e a pesca. Daí a eterna procura de locais privilegiados onde houvesse caça e peixes em abundância.

... Nos locais de fartura, as aldeias chegavam a três mil pessoas vivendo em paz, mas, sem uma organização política que os fortalecessem..

...Como foi dizimada tão grande população indígena?

...Primeiro: Pela guerra bacteriológica. Os índios não conhecia doenças como Cárie, coqueluche, bexiga, tuberculose,
sarampo etc. Era um povo totalmente indefeso.; Morriam tantos índios que não era possível enterra-los. Os que escapavam se embrenhavam nas matas. Já não se ouvia o canto de alegria...só de dor e lamento.
...Segundo: Os índios não se deixavam cativar...por isso tinham de fugir...deixando para trás suas aldeias, e suas familias;
...Terceiro: Porque não se submetiam facilmente, á cultura, á religião e aos costumes dos brancos...
... Apoiados pelos religiosos que impunham um cristianismo de pecados e desvalorização da cultura local. Quem não se submetia à "Salvação". cristã., era dizimado. Tinha suas aldeias queimadas.

...O divertimento dos invasores era o sexo...com as índias que eram lindas para fornificar, para trabalhar, e ventre fecundo para emprenhar. Sobre João Ramalho, assim escreveu
o governador, Tomé de Sousa., ao Rei de Portugal :... Ele e seus filhos, e seus homens.. se deitam com todas as mulheres que conseguem. Irmãs, cunhadas, aparentadas. Com isso tem muitas mulheres, filhos e filhas..netos e bisnetos...
A terceira Matriz Étnica são os negros, capturados e trazidos pelos portugueses em condições desumanas nos Navios Negreiros, para trabalharem nos diversos ciclos econômicos do desenvolvimento brasileiro: Borracha,cana de açúcar, café..etc.
...Assunto repugnante, pela forma que aqui eram tratados. Mal Haja.! Seu sangue matiza nosso povo até hoje.

...Nós sempre incentivamos a vinda de outros povos para o nosso país, até com campanhas convidativas, doando terras, dispensando impostos etc.

...Além dos Portugueses,aqui chegaram Italianos, Alemães,Espanhóis, Suíços, Chineses, Coreanos, poloneses, Ucranianos, Franceses,, Libaneses, Israelitas, e nossos Hermanos, Bolivianos, Paraguaios e outros, trazendo consigo suas famílias, seus valores, seus princípios, e sua cultura. 

....Nós brasileiros, somos hoje um povo mestiço na carne e no espírito, Já que aqui, a mestiçagem não é crime nem pecado...ao contrário...nela fomos iniciados e continuamos nos fazendo...Somos um povo adolescente,. basta ver a dicotomia entre a nação e os políticos que nós mesmos elegemos...Boa parte deles se comportam ainda hoje como os índios a 500 anos atrás., que valorizavam as bugigangas, miçangas, espelhos, machados, facões e armas,... Hoje nossos representantes, com raras exceções.. se vendem pelo poder, pelos dólares e euros, que desviam para os paraísos fiscais oriundos da corrupção.

...Mesmo assim somos homogêneos culturalmente...herdamos dos portugueses, além do desenvolvimento econômico da época,dois grandes tesouros...a língua e a fé.

...Não nos apegamos ao passado...Estamos abertos ao futuro....e aproveitamos da cultura, do conhecimento,de todos os povos... formando um povo novo, com identidade própria, construindo-nos a nós mesmos, como um gênero humano único... que jamais existiu antes.

Desafio difícil, belo e edificante.! Somos uma nação feliz, alegre e aberta à convivência com todas as raças, todas as culturas e assentada na mais rica e bela parte da terra. Sem preconceitos e sem pecados.

1 comentário:

  1. A história do Brasil é parte da história de Portugal. Parabéns.

    ResponderEliminar